17 novembro 2012

ÉTICA EMPRESARIAL


 Muito se fala sobre ética empresarial e profissional dentro do mercado de trabalho. A ética pode ser considerada um conjunto de atitudes e valores aplicados dentro do ambiente corporativo, sendo assim, fundamental para o andamento das atividades da companhia e claro, para o bom relacionamento entre os colaboradores. Como fazer a ética acontecer de forma correta?
Para Renata Burgocoach e psicóloga organizacional, a ética nos conduz a ideia de universidade moral e faz com as que as pessoas tenham um comportamento adequado perante a sociedade. “Sem ela, não teríamos regras, respeito, valores e caráter”, completa a especialista.
De acordo com esse raciocínio, podemos entender que a ética empresarial é importante para orientar seus profissionais a agirem conforme condições primárias estabelecidas. As empresas estão se conscientizando do perigo iminente que representa a falta de ética para os negócios. Haja vista, os famosos casos de escândalos divulgados nas últimas décadas. No entanto, para que uma empresa seja considerada ética, é fundamental o comprometimento dos colaboradores com a questão.
Por conta disso, Renata diz que as empresas estão investindo em estratégias para divulgar a importância daética profissional. “As companhias estão investindo na confecção e divulgação do código de ética empresarial. Por ser um assunto subjetivo, cada empresa entende e dissemina seus valores de maneiras diferentes, no entanto, o ‘bom senso’ deve sempre prevalecer”, afirma a coach. Outra dica que a especialista dá é que, mesmo que a maioria das profissões sejam regidas por umConselho Federal que possui seu próprio Código de Ética, o ideal é que todo profissional seja orientado pela conduta ética não escrita.
Ser um colaborador ético se tornou indispensável para sobreviver no mundo corporativo. “Na era em que as informações se cruzam e sua imagem ou nome são expostas instantaneamente na internet, sem você saber, preocupar-se com a sua reputação é essencial para quem quer ter uma carreira longa e respeitada”, avisa Renata. As empresas costumam investigar com ex-empregadores e órgãos públicos a conduta ética dos profissionais que têm a intenção de contratar. Ser ético, não é uma opção e sim uma questão de caráter.
Portanto, lembre-se sempre que atitudes impensadas ou mal intencionadas de seus colaboradores no ambiente corporativo podem prejudicar, além da carreira desses profissionais, a sua organização como um todo. Dessa forma, faz parte das habilidades do empreendedor propagar a ética em suas ações dentro de sua empresa, sendo um exemplo de ética e bons costumes para seus colaboradores.
Como você avalia o exercício da ética profissional dentro de sua empresa?

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com o BLOG da Potens.