02 maio 2013

O que é TDA/H


A primeira reação é pensar que são pessoas, especialmente crianças  mal-educadas, com pais ausentes e com dificuldade para impor limites. É possível que essa primeira impressão esteja correta. Entretanto, também é possível que sejam portadoras de  TDA/H.

 Um rótulo é um nome. O problema é o uso que se faz do rótulo e não o rótulo em si.

TDA/H significa Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade. É um transtorno neurobiológico, de origem genética de longa duração, persistindo por toda a vida da pessoa, que tem início na infância, comprometendo o funcionamento em vários setores da vida, e se caracteriza pela: Hiperatividade, Impulsividade e Desatenção. É compreendido hoje em dia como um transtorno que compromete principalmente o funcionamento da região frontal do cérebro, responsável, entre outras atividades, pelas funções executivas.

Crianças com TDA/H têm dificuldades em tarefas que exigem habilidades para resolução de problemas e organização, essas dificuldades na maioria dos casos, acabam determinando comprometimento do aprendizado. Adultos comumente se ocupam com várias atividades ao mesmo tempo, na maior parte das vezes sem conseguir completar nenhuma delas, maior incidência no uso de álcool e drogas, sofrem mais acidentes, mudança constante de emprego e cônjuge, baixa alta estima, isolamento social, maior incidência a depressão e ansiedade, completam menos anos de escolaridade e apresentam menos habilidade social.

Os portadores de TDA/H apresentam também muitas características positivas, tais como: bom nível intelectivo, criatividade aguçada, grande sensibilidade e forte senso de intuição.


O passo mais importante para o tratamento é o conhecimento.
Informe-se. Leia e pesquise. Busque informação científica e correta.
Consulte um especialista.
Cuidado com os mitos!
Cuide do preconceito!
Lucina Fiel
www.lucianafiel.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com o BLOG da Potens.